segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Atendendo a pedidos!

Atendendo a um pedido, vou falar de refilmagem, mas também não vou falar das mais óbvias, por que não teria graça. Bom, não vou comentar idade, pois temos damas lendo o blog e não pretendo comprometer ninguém, mas acho que a grande maioria assistiu ao filme “Golpe Baixo” (The Longest Yard – 1974), com Burt Reynolds, na sessão da tarde. Neste filme, Burt faz o papel de um astro de futebol Americano que é preso e por ser famoso termina na prisão de um diretor fanático por futebol. O louco força o personagem a treinar um time para enfrentar os guardas e aí o bicho pega. Este filme teve uma refilmagem recente com Adam Sandler no papel que era do Burt que não fez muito sucesso. Mas a refilmagem que quero comentar é a versão inglesa com Vinnie Jones no papel de Danny Mehan, ex capitão do English team, primeiro banido do futebol por arranjar um resultado de um jogo entre Inglaterra e Alemanha e depois condenado por atacar dois policiais durante uma bebedeira.
Em cana, Danny enfrenta problemas por ter se vendido ao alemães, a desconfiança é tanto dos guardas quanto dos outros prisioneiros, e quando a situação parecia que não poderia piorar, é “convocado” pelo diretor da prisão para treinar o time dos guardas. Para não ficar com a imagem ainda pior com os outros presos, ele propõe um jogo entre guardas e detentos.
E aí que o filme fica legal, Danny encontra grandes dificuldades para montar o seu time, ninguém quer jogar com um traidor da pátria... quando enfim consegue convencer os outros detentos que aquela seria a grande chance de se vingarem pelos maus tratos sofridos nas mãos dos carcereiros, ele descobre que nem todos sabem o que é bola... (afinal nem todo mundo é brasileiro).
A grande diferença para outros filmes que tratam de futebol, é que neste caso não tem americano envolvido! A grande maioria dos artistas são britânicos e é claro sabem o que é futebol, então as cenas não parecem falsas e produzidas por coreógrafos da Broadway para cachorros fofinhos... O futebol é para valer (bom, quase sempre...).

O filme tem a produção de Mathew Vaughan que recentemente dirigiu Stardust de Neil Gaiman, e é responsável também por Snatch - Porcos e Diamantes e é da mesma escola de Guy Ritchie e seus filmes de gangsters ingleses.
Mas, o barato do filme é mesmo Vinnie Jones, mais conhecido como o Fanático do terceiro filme da série X-men, Vinnie está em casa como o ex-capitão da seleção em inglesa, já que durante anos foi jogador do Leeds United da Premier League. Como jogador, ele tem uma carreira marcada por confusões, ficou famoso por lançar um video chamado Soccer's Hard Men em 1992, com cenas suas e de outros jogadores entrando duro e matando a jogada com vontade! Inclusive com aulas de como bater e não ser visto pelos juizes... Por causa deste vídeo foi multado em 20.000 libras pela federação inglesa, ainda detêm o recorde de cartão amarelo mais rápido da história, com 3 segundos de partida e ganhou notoriedade quando apertou os testículos de Paul Gascoine, então capitão da seleção inglesa, durante um jogo! Um verdadeiro bad boy... Hoje é um bem sucedido ator de hollywood, normalmente fazendo papéis de gangster inglês caladão...
Outro que está no filme é Jason Statham, mais conhecido como o motorista de Carga Explosiva, no papel de Monk, o goleiro psicopata do time.
Não dá para contar com o risco de estragar as surpresas, mas embaixo vou deixar o trailer do filme e uma recomendação, principalmente para quem gosta de futebol e para quem gostou de Snatch, assistam ao filme! Já tem em DVD com o nome de Penalidade Máxima, o titulo original é Mean Machine. (e no menu do video do Youtube tem outras cenas do filme, inclusive uma abertura que parodia 007)


3 comentários:

Julio Carvalho disse...

SENSACIONAL!!!! John.

Vou correndo tentar achar pra assistir, já que estou de férias...

valeu mesmo.

Leemurray disse...

Aproveita a vida mansa!
vc já viu que está lá entre os comparsas, certo?

grande abraço.
Lee

Remo Saraiva disse...

Parece bom... Fiquei curioso em ver.

Sempre boas dicas, John!!!

Abração,
Rômulo.